domingo 16 de junho de 2024

A Inveja: 1 Mensagem de esperança da carta de Paulo a Tito

Publicado: Modificado em 890 Visualizações
A inveja apodrece os ossos

A inveja

Hoje, deparei-me com esta passagem e fiquei maravilhado com a riqueza que ela contém. Esta epístola foi escrita por Paulo ao líder local da Igreja, Tito, contendo seus conselhos atuais para todos nós.

“3- Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros.

4- Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos,

5- não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo,

6- que ele derramou sobre nós ricamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador,

7- a fim de que, justificados por graça, nos tornemos seus herdeiros, segundo a esperança da vida eterna.”

Tito 3:3-7

No passado, nós éramos tolos, desobedientes, perdidos em nossas próprias paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiando uns aos outros. No entanto, a benignidade de Deus, nosso Salvador, e seu amor por todos nós foi revelado.

Não foi por nossas próprias obras de justiça, mas pela misericórdia de Deus, que fomos salvos através do lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que foi generosamente derramado sobre nós por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador.

Entre as práticas errôneas mencionadas por Paulo, destaco a inveja.

A inveja aprisiona a incompetência, pois as pessoas desejam usurpar a conquista ou felicidade do próximo sem passar pelo processo de conquista. Elas não querem estudar, se capacitar, trabalhar… apenas querem o que o outro conquistou.

A bíblia mostra que a inveja pode acontecer até dentro do círculo familiar, como ocorreu com José e seus irmãos. ” significado atribuído ao termo invejoso pelo dicionário brasileiro é que se trata de uma pessoa que experimenta um sentimento negativo em relação à felicidade ou sucesso de outra pessoa e que possui um forte desejo de ter ou desfrutar do que pertence ao outro.

A inveja é um mal terrível que pode levar a consequências ainda piores, como o caso de Caim, que matou brutalmente seu irmão Abel por invejar a comunhão e o carinho que Deus tinha por ele. A inveja é como um câncer silencioso que contamina todas as células, afetando o humor, projetos, vida social e saúde de quem a possui.

Paulo aconselha a buscar o remédio para esse mal, que é Cristo Jesus, que nos salva através do lavar regenerador e renovador do Espírito Santo. Não deseje o que o seu próximo conquistou, busque você mesmo sua conquista colocando Deus em primeiro lugar em sua vida, assim, todas as outras coisas lhe serão acrescentadas.

Minha experiência pessoal me ensinou que a inveja só nos traz tristeza e insatisfação. Quando eu me comparava aos outros e invejava suas conquistas, eu me sentia incapaz e desmotivado.

No entanto, quando decidi buscar minhas próprias realizações e colocar Deus em primeiro lugar em minha vida, tudo começou a mudar.Focar em minhas próprias metas e objetivos, com a orientação de Deus, me deu um senso renovado de propósito e direção.

Eu percebi que Deus tinha um plano específico para a minha vida e que eu precisava confiar nele e seguir seus caminhos. À medida que comecei a fazer isso, percebi que minhas conquistas começaram a se desdobrar de uma forma natural e harmoniosa.

Aprendi que, quando buscamos primeiro o reino de Deus e sua justiça, todas as outras coisas se encaixam no lugar certo. As bênçãos e as realizações que antes pareciam inalcançáveis agora pareciam possíveis. Percebi que Deus tinha grandes planos para mim e que eu precisava confiar nele para alcançá-los.Send a message…

Você pode gostar de ler

Deixe seu comentário