sábado 2 de março de 2024

Porquê Jesus escolheu os pescadores: 1 análise profunda e espiritual

por Giovanne Silva
Publicado: Modificado em 372 Visualizações
Porque Jesus escolheu os pescadores

Saudações, amados irmãos e irmãs em Cristo! É sempre uma alegria e um privilégio compartilhar reflexões e insights espirituais com vocês. Hoje, vamos mergulhar profundamente em um tópico que tem intrigado muitos ao longo dos séculos: Porquê Jesus escolheu os pescadores como seus primeiros discípulos. Vamos explorar juntos este mistério, à luz das Escrituras e da experiência pessoal.

Porquê Jesus escolheu os pescadores como discípulos

Jesus, em sua infinita sabedoria, escolheu pescadores como seus primeiros discípulos. Não foram os ricos, nem os poderosos, nem os sábios segundo o mundo. Foram homens simples, trabalhadores, que ganhavam a vida com o suor de sua testa, lançando suas redes ao mar. Este é um fato bíblico, conforme registrado em Mateus 4:18-22.

Porquê pescadores?

A escolha de Jesus pelos pescadores não foi aleatória. Ele os escolheu por uma razão específica. Os pescadores, em sua vida diária, enfrentam tempestades, ondas altas, e ainda assim, continuam a lançar suas redes, na esperança de uma boa pesca. Essa disposição de enfrentar desafios, de perseverar apesar das adversidades, é uma qualidade que Jesus valorizava. Ele estava procurando por pessoas que, apesar das dificuldades, continuariam a seguir a Ele e a Sua palavra.

Uma lição para todos nós

A escolha de Jesus pelos pescadores é uma lição para todos nós. Ele não está procurando por perfeição, mas por corações dispostos a segui-lo, não importa o quê. Ele está procurando por pessoas que estão dispostas a lançar suas redes – suas vidas, seus sonhos, suas esperanças – no mar da fé, confiando que Ele proverá. A escolha de Jesus pelos pescadores nos lembra que, no Reino de Deus, o que importa não é o que temos, mas quem somos em Cristo.

Conclusão

Em resumo, Jesus escolheu os pescadores porque Ele viu neles as qualidades que Ele valoriza: fé, perseverança, e a disposição de seguir a Ele, não importa o quê. Esta é uma lição para todos nós. Não importa quem somos, onde estamos, ou o que temos. O que importa é o nosso coração. Estamos dispostos a seguir a Jesus, não importa o quê? Estamos dispostos a lançar nossas redes – nossas vidas – no mar da fé, confiando que Ele proverá? Que possamos refletir sobre estas perguntas e, como os pescadores, escolher seguir a Jesus, não importa o quê.

Que a paz de Cristo esteja com todos vocês. Amém.

Você pode gostar de ler

2 Comentários

Cássia Tatiana 27 de setembro de 2023 - 14:11

Muito bom o seu blog!!! Palavras de Deus sempre são necessárias!!!!

Responder
Autor
Giovanne Silva 29 de setembro de 2023 - 23:18

Obrigado Cássia! Deus abençoe você grandemente 🙏🏽

Responder

Deixe seu comentário