domingo 16 de junho de 2024

O Poder de 1 Amor em Redimir uma Multidão de Pecados

Publicado: Modificado em 284 Visualizações
O amor de deus encobre nossos pecados

Bem-vindo(a) a mais um estudo profundo sobre a Palavra de Deus! Hoje,

Aproxima-se inexoravelmente o término de todas as coisas; portanto, exorto-vos a manterdes-vos sóbrios e vigilantes na prece.

Entretanto, acima de tudo, cultivai um amor fervoroso uns pelos outros, pois esse amor encobrirá uma miríade de transgressões. 1 Pedro 4:7,8

Quando analisamos esta passagem de Pedro, na qual ele proclama a iminência do término de todas as coisas, vislumbramos claramente sua concretização em nossos dias.

Ele insta-nos a permanecermos sóbrios e em constante vigília na oração.

Essa sobriedade da qual Pedro fala emana da Palavra de Deus, pois é ela que nos preservará da embriaguez provocada pelas vicissitudes do mundo.

Outro aspecto que chama atenção nesse trecho é quando ele menciona: “cultivai um amor fervoroso uns pelos outros”.

Ele tinha ciência de que nos tempos derradeiros, o homem se entregaria cada vez mais aos seus interesses egoístas, afastando-se progressivamente da convivência com o próximo, demonstrando menos amor e perpetrando mais atos homicidas.

Vivemos em uma era na qual a vida do próximo vale menos do que um dispositivo celular; as pessoas matam e agem com naturalidade.

Recentemente, no estado de Goiás, um indivíduo, motivado por uma contenda familiar, atropelou com seu veículo um pai e um filho. E não satisfeito, desceu do automóvel para verificar se haviam falecido. O pai, um idoso, veio a óbito instantaneamente, enquanto aquele homem, repleto de ira, empunhou uma faca e desferiu diversos golpes no jovem filho, que sobrevivera ao atropelamento. Toda a cena foi capturada em vídeo.

Horas depois, o homem foi capturado pela Polícia Rodoviária Federal, apresentando-se com a maior serenidade e desprendimento.

Pedro nos alerta: amai uns aos outros, pois o amor encobrirá uma miríade de pecados.

Nenhum ser humano é digno de salvação; justamente por conhecer essa nossa incapacidade para a redenção, Cristo entregou sua vida em nosso lugar.

Em certa ocasião, Ele enfatizou essa nossa inabilidade em relação à salvação:

“Os seus discípulos, ao ouvirem isso, ficaram grandemente atônitos, indagando: Quem, pois, pode ser salvo? E Jesus, fitando neles o olhar, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.” Mateus 19:25,26

Portanto, meus irmãos, sigamos os sábios conselhos do apóstolo de Cristo, mantendo-nos sóbrios por meio da Palavra, vigilantes na oração e amando o nosso próximo, mesmo que esse próximo seja aquele que insiste em nos ferir.

E nunca nos esqueçamos:

O AMOR ENCUBRIRÁ UMA MIRÍADE DE PECADOS!

Qual é a passagem bíblica em que Pedro fala sobre o fim das coisas e o amor cobrindo os pecados?

A passagem é 1 Pedro 4:7,8.

O que Pedro nos exorta a fazer diante da iminência do fim de todas as coisas?

Ele nos exorta a sermos sóbrios e vigilantes na oração.

Você pode gostar de ler

Deixe seu comentário