domingo 16 de junho de 2024

“O que vem a seguir será uma repressão sem limites” diz Marco Feliciano após invasão ao STF 2023

Publicado: Modificado em 761 Visualizações
Marco Feliciano

O pastor e deputado federal Marco Feliciano reagiu aos eventos de violência ocorridos durante a invasão à sede do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional.

Que realizada por manifestantes que protestam contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Primeiramente falou que as manifestações pacíficas e ordeiras são legítimas e garantidas pela Constituição Federal, mas condenou os atos de vandalismo e violência.

A princípio afirmando que eles devem ser repudiados de acordo com a lei.

Durante as manifestações no domingo, vidraças do Congresso foram quebradas e objetos do STF

Marco Feliciano teme que, devido às depredações, os manifestantes sejam rotulados como baderneiros e criminosos e que isso leve a uma repressão sem limites.

O pastor e empresário Silas Malafaia também reagiu aos recentes acontecimentos em Brasília através das redes sociais, onde publicou um vídeo comentando sobre o cenário.

Do mesmo modo lembrou que manifestações da esquerda no passado resultaram em violência, deixando policiais feridos e causando danos a edifícios públicos do Congresso.

Malafaia criticou o fato de a imprensa não ter condenado os militantes na época.

O pastor Silas Malafaia deixou claro que ele não concorda com protestos violentos e vandalismo e aproveitou a oportunidade para criticar Lula, afirmando que o presidente mente ao dizer que no Brasil nunca houve episódios desse tipo.

Ele exibiu reportagens do passado para refutar as manchetes da imprensa atual e também se defendeu da acusação de que ele estaria “fugindo” do Brasil ao tirar férias no exterior.

A importância de um momento de reflexão!

Você pode gostar de ler

Deixe seu comentário